19 de outubro de 2017


Município de Imbaú

  Fundação : 1997

  Gentílico : Imbauense

  Prefeito atual : Lauir de Oliveira ( 2009 - 2012)

  Unidade federativa : Paraná

  Mesorregião : Centro Oriental Paranaense

  Microrregião : Telêmaco Borba

  Região : Ponta Grossa ( Campos Gerais )

  Municípios Limítrofes : Ortigueira, Telêmaco Borba, Tibagi, e Reserva

 

 Características geográficas

 

 Área : 331,2 km²

 População : 12.040 habitantes

 Densidade : 30,1 habitantes/ km²

 Altitude : 940 m

 Clima : subtropical Cfb

 

  Geografia

             Possui uma área é de 331,2 km² representando 0,1662% do estado, 0,0588% da região e 0,0039% de todo o território brasileiro. Localiza-se a uma latitude 24°26‹42" sul e a uma longitude 50°45‹39" oeste, estando a uma altitude de 940 metros. Sua população estimada em2009 era de 12.040 habitantes.

 

  Economia

 

             A Economia do município de Imbaú é basicamente resumida em agricultura, pecuária, pesca, apicultura, silvicultura e exploração florestal, com forte tendencia para a indústria madeireira. Estrategicamente localizada, é também ponto de passagem para a exportação de produtos pelo Porto de Paranaguá.

            O desenvolvimento regional ganhou destaque nos últimos anos, onde foi lugar de investimento em determinadas setores como a florestal e prestação de serviços.

            Por ligar Ponta Grossa até a cidade de Apucarana, ou seja, toda a região norte do Paraná até Ponta Grossa e também Curitiba, Paranaguá e Litoral, Imbaú tornou-se ponto de parada maiormente para muitos caminhoneiros e viajantes, o que faz movimentar a arrecadação monetária do município principalmente com serviços de hotelarias, pousadas, restaurantes e serviços destinados a área mecânica de transportes, apesar de apresentar carências e falta de infra-estrutura em alguns certos setores, Imbáu como um novo município, ainda tem muito a crescer e a progredir.

 

  Hidrografia

   Rio Imbaú, Rio Chaqueada, e Rio Imbauzinho.

 

  Rodovias

     BR 360 - Rodovia Do Café / PR 160 -  Rodovia do Papel

 

           Imbaú é privilegiado por estar dentro do corredor econômico do Paraná graças a BR-376 que corta o município. Sendo então uma importante via dentro do município.

           A Rodovia do Café é um percurso rodoviário no estado do Paraná que liga o noroeste do estado com o litoral. Recebeu esse nome por ter sido o principal tronco de escoamento da safra de café para exportação, quando essa era a mais importante cultura agrícola do estado. Pode-se afirmar que a Rodovia do Café é o percurso que liga a cidade de Apucarana com a cidade litorânea de Paranaguá.

          Por esta rodovia são transportados os grãos produzidos na região norte com destino às indústrias de esmagamento em Ponta Grossa e ao porto de Paranaguá.

          A BR encontra-se atualmente em bom estado de conservação, e é um trecho pedagiado pela Concessionária de Rodovias Integradas S/A - Rodonorte.

PR-160 (Rodovia do Papel)

           Apresenta uma importância considerável principalmente para o setor Florestal-Madeireiro que muito utiliza a rodovia na região. Liga o município de Imbaú até o município de Telêmaco Borba gerando um desenvolvimento econômico pela presença de madeireiras e outras empresas do ramo.

           A Rodovia PR-160 é uma estrada pertencente ao governo do Paraná que liga a localidade de Paranagi em Sertaneja (quase na divisa com o Estado de São Paulo) com a BR-476 na cidade de Paula Freitas, quase na divisa com o Estado de Santa Catarina. A rodovia PR-160 coincide com a PR-239 no trecho entre a localidade de Lagoa até o entroncamento com a PR-441 em Reserva.


Galerias de Fotos

[1] Páginas