sexta, 06 de dezembro de 2019
X

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Despoluição

Revitalização da bacia do Rio Iguaçu terá parceria do Estado e Prefeitura

Terça-feira, 01 de setembro de 2015


O Governo do Paraná e a prefeitura de Curitiba vão ampliar a cooperação para revitalizar a bacia do Rio Iguaçu. O tema foi tratado nesta segunda-feira (31) pela vice-governadora e coordenadora do comitê de revitalização do Rio Iguaçu, Cida Borghetti, e o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, no Palácio 29 de Março. 

Cida apresentou a Fruet um resumo do projeto e um relatório de observação. Esse relatório foi produzido na semana passada depois de visita técnica do grupo a diversos trechos da bacia do Rio Iguaçu. 

Nas áreas urbanas foram observados vários pontos críticos de esgoto e acúmulo de lixo. Alguns dos principais problemas foram encontrados no Rio Belém, dentro do município de Curitiba. Avaliado como um dos principais afluentes do Iguaçu, o rio exigirá um trabalho minucioso para a despoluição e reabilitação. 

De acordo com a vice-governadora, a união das equipes é fundamental no projeto que vai impactar diretamente na vida de mais de 4,4 milhões de pessoas. “Estamos buscando apoio em todas as esferas públicas e privadas para levar adiante este projeto que interessa todo o estado. A integração vai permitir a execução de trabalhos mais eficientes e proporcionar uma condição de vida a toda a população”, disse. 

O prefeito Gustavo Fruet adiantou que vai ampliar a participação da prefeitura no projeto, ao afirmar que o município está à disposição para este trabalho. “De imediato vamos aumentar a participação com o envio de mais técnicos municipais para participar das próximas reuniões”. 

Também participaram da reunião Mario Celso Cunha, da Sanepar; Mauro Corbellini, da Secretaria do Planejamento e Coordenação Geral; e o procurador do Ministério Público do Paraná, Saint-Clair Honorato Santos. 

COREIA DO SUL - No mês passado, uma proposta de cooperação técnica foi apresentada pela vice-governadora ao embaixador da Coreia do Sul no Brasil, Jeong-Gwa Lee. O objetivo é implantar projetos semelhantes aos realizados na revitalização de bacias hidrográficas urbanas sul-coreanas. Um exemplo citado é o trabalho feito no Rio Cheonggyechon, em Seul, capital do país. 

A bacia do Rio Iguaçu é a maior do Estado, servindo para geração de energia elétrica, desenvolvimento agrícola e industrial e onde está ainda uma das primeiras unidades de conservação do país, o Parque Nacional do Iguaçu. Porém, é no trecho mais urbanizado, de Curitiba e Região Metropolitana, que consiste o interesse do Governo na parceria técnica com a Coreia do Sul. 

Também estão sendo envolvidos no projeto representantes do setor produtivo, Universidades e diversos órgãos estaduais como a Casa Civil do Governo do Estado, Sanepar, secretarias do Meio Ambiente, Agricultura e Abastecimento, Planejamento e Coordenação Geral, Desenvolvimento Urbano, Companhia Paranaense de Energia (Copel), Instituto das Águas do Paraná (AguasParaná), Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Institutos Lactec, Adapar, ParanáCidades e outros. 

Fonte: AEN - Agência Estadual de Notícias

 Outras Notícias

Horário de Atendimento: Horário de Atendimento: De segunda á sexta-feira, das 08h00 ás 12h00 e 13h00 ás 17h00.
Av. Francisco Siqueira Kortz, 471 - São Cristóvão - 84250-000
(42) 3278-8100