terça, 28 de janeiro de 2020
X

ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Chuvas

Previsão de chuvas fortes mantém Defesa Civil do Paraná de prontidão

Segunda-feira, 13 de julho de 2015


A previsão de chuvas acima da média neste fim de semana e até meados da próxima semana mantém de prontidão toda a estrutura da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil. O capitão Dorico Borba informa que estão de prontidão não só a sede do órgão, em Curitiba, mas, também, as 15 regionais Estado e as coordenadorias municipais. “Os municípios paranaenses contam com um plano de contingência, que elenca uma série de ações que devem ser desenvolvidas em casos de eventos adversos ou ocorrências de desastres”, explica. 

O capitão Borba, da Defesa Civil, explica que, com o plano de contingência em mãos, as coordenadorias municipais começam a avisar as pessoas que precisam ser acionadas caso ocorram eventos mais graves, como enchentes e alagamentos. Isto inclui os responsáveis por abrigos, pelas ações emergenciais de retirada das famílias dos locais de risco e também o Corpo de Bombeiros, que já está em prontidão. 

Além disso, a Coordenadoria Estadual mantém, junto com o Simepar, o monitoramento 24 horas das estações pluviométricas que medem os níveis dos rios. “Desenvolvemos uma metodologia para o acompanhamento do acumulado de 24 e 48 horas, para daí ter a certeza de que terá a ocorrência. Levamos em consideração a precipitação acumulada, as condições do solo e o nível dos rios e, por meio deste monitoramento, conseguimos desencadear mais ações”, afirma. 

“Pelo nosso monitoramento, não temos nada mais grave confirmado. Se for o caso de desastres, porém, as equipes de atendimento estão de prontidão para fazer a retirada das famílias”, destaca o capitão Borba. 

BOX 

VAI CHOVER O DOBRO DA MÉDIA HISTÓRICA DE JULHO EM DIVERSAS REGIÕES, PREVÊ SIMEPAR 

De acordo com o Instituto Meteorológico Simepar, deve chover acima de 200 milímetros entre esta sexta-feira (10) e a próxima quinta-feira (16), em várias regiões do Paraná, o que é duas vezes maior que a média histórica para todo o mês de julho. 

Já está chovendo forte no Oeste e Sudoeste do Estado e a instabilidade aumenta nas outras regiões ainda nesta sexta-feira. “No fim de semana, as chuvas vêm com mais força e de forma mais abrangente na metade sul do Estado, podendo haver temporais entre a sexta e domingo”, alerta o meteorologista do Simepar, Lizandro Jacóbsen. 

“Na semana que vem teremos muito volume de chuva em todo o Paraná. Estão previstos dias de tempo instável pelo menos até a quinta-feira, acumulando muita água sobre o Estado”, diz o meteorologista. 

Para o meteorologista, áreas que historicamente enfrentam problemas de enchentes, como as bacias dos rios Iguaçu, Ivaí e Tibagi, devem ficar atentas, já que é possível a elevação do nível dos rios, caso a previsão se confirme. “Nestas áreas a atenção deve ser maior por causa deste alto índice de precipitação previsto e, também, porque choveu muito na primeira semana de julho e o solo já está carregado de umidade”, alerta Jacóbsen. 

DEPOIS VEM FRIO – Para o Simepar, os altos índices de chuva no mês de julho são uma situação atípica para esta época do ano, quando normalmente os dias são mais secos e frios. Isto é consequência do fenômeno El Niño, que favorece o transporte de umidade da região amazônica ao Sul do País. 

Com as chuvas da próxima semana, as temperaturas também tendem a baixar. “Mas frio rigoroso só é esperado para o final da semana que vem. Na próxima sexta-feira (17), depois de toda a situação de chuva, uma massa de ar polar deve chegar ao Sul do País, causando resfriamento em todas as regiões paranaenses”, ressalta o meteorologista Lizandro Jacóbsen. 

Fonte: AEN - Agência de Notícias

 Outras Notícias

Horário de Atendimento: Horário de Atendimento: De segunda á sexta-feira, das 08h00 ás 12h00 e 13h00 ás 17h00.
Av. Francisco Siqueira Kortz, 471 - São Cristóvão - 84250-000
(42) 3278-8100